sábado, 30 de abril de 2011

"Memórias do Subdesenvolvimento", de Tomaz Gutiérrez Alea, 1968, por Thiago Guerra.



Memórias do Subdesenvolvimento conta a história de Sergio, um intelectual cubano de classe média, que nos dois anos seguintes à Revolução Cubana, assiste à sua família e amigos partirem de Cuba para os EUA, em busca do “sonho americano”. Sergio repudia as fúteis aspirações de seus entes queridos, e ao mesmo tempo discorda do novo regime Castrista. Porém o apreço por suas raízes o impede de abandonar a ilha, tal como o próprio diretor do filme, Tomaz Gutiérrez Alea. Sergio é um homem deslocado na nova Cuba, uma personagem dividida, capaz de amar e criticar sua terra.

Enquanto ele vaga pelas ruas de Havana, suas divagações nos apresentam características inerentes ao seu povo, que compartilha não só de uma nação, mas também de uma mentalidade típica dos países subdesenvolvidos. Filmado menos de dez anos após a Revolução, Memórias..., mescla o ficcional ao documental, para em determinados momentos criar e interferir, e em outros apenas nos mostrar a atmosfera de incertezas que era a vida cubana pós-revolucionária.

O filme levanta questões que inseridas em seu contexto podem parecer datadas, tais como a busca por uma identidade nacional, o iminente autoritarismo que se projetava sobre a sociedade, e a questão do individuo sufocado em meio a estas incertezas. Porém, se olharmos atentamente, veremos que muitas destas questões ainda hoje não estão bem resolvidas. Não só em Cuba, mas no Terceiro Mundo em geral, deflagrando o quanto o filme se mostra atual, e como ainda somos subdesenvolvidos.

Um comentário:

  1. Download do Filme - Memórias do Subdesenvolvimento http://fwd4.me/08al

    ResponderExcluir